A- A A+

Bancos ganham cor para sensibilizar sobre o câncer de mama

O Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, chegou e com ele, o HSC Blumenau traz uma reflexão sobre tirar um tempo para si mesmo. Desde o início do mês, a instituição convida homens e mulheres a darem uma pausa na correria do dia a dia e conhecerem melhor o seu corpo. Apesar de rara, a doença também acomete homens.

O autoexame possibilita a identificação de sinais e sintomas do câncer de mama e, por isso, é um importante aliado da detecção precoce. Para realizá-lo, é necessário um momento de pausa, de autocuidado. Assim, através de uma nova perspectiva, é necessário desmitificar o câncer, apresentando que há grandes chances de cura.

Para representar a campanha do Outubro Rosa da instituição, o HSC Blumenau destaca cinco histórias de pacientes. Uma delas é Maria José Carvalho de Souza, de 57 anos, que recebeu o diagnóstico do câncer de mama em julho de 2020. Hoje, ela conta que chegou a ficar dois anos sem realizar a mamografia, pois a vida era muito corrida.

É muito difícil conseguir tirar um tempo para si, mas esse tempo faz toda a diferença. A gente precisa parar porque a própria doença não nos permite fazer muita coisa. Depois que comecei a ter tempo sozinha é que percebi que realmente não tinha tempo para cuidar de mim mesma. Hoje, quanto mais falo sobre o câncer, mais me curo “, afirma.

Ações programadas

Para chamar a atenção da comunidade para a causa, na campanha deste ano, o HSC Blumenau coloriu todos os bancos da instituição de rosa. Assim, quem passar pela Rua Amazonas ou transitar pelo hospital, poderá conferir de perto o resultado da ação. O objetivo é promover a reflexão e incentivar um momento de descanso e autocuidado.

Além disso, desde o primeiro dia do mês, a instituição realiza uma ação no Terminal da Fonte. Semanalmente, um banco rosa é instalado no local para que as pessoas que transitam por lá façam um registro fotográfico com a hashtag #umtempopramim. Quem participar e postar nas redes sociais, concorre a um sorteio de brindes.

Já nesta terça-feira (19), Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama, a ação no Terminal será ainda mais especial, pois contará com a distribuição de material orientativo. A “mama-gel” será entregue pela equipe do Centro de Oncologia do HSC Blumenau (ONCO HSC), que estará no local educando homens e mulheres, das 7h às 9h, sobre o autoexame.

O câncer de mama

Existem vários tipos de câncer de mama, alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A doença é caracterizada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, as quais formam um tumor com potencial de se espalhar para outros órgãos.

De acordo com o Oncologista, Dr. Rodrigo Kraft Rovere, em sua fase inicial, o câncer de mama geralmente não causa dor. Entretanto, alguns sinais e sintomas podem ser percebidos através do autoexame. Taiscomo: alterações no tamanho ou forma da mama, vermelhidão, inchaço, calor ou dor na pele, módulo ou caroço que não desaparece e não diminui de tamanho.

“Também devem ser observados: inchaço e nódulos frequentes nas axilas, assimetria entre as mamas, afundamento em uma parte da mama, endurecimento da pele (textura de casca de laranja), coceira frequente, formação de crostas ou feridas, liberação de líquidos pelo mamilo, inversão súbita do mamilo e/ou veia facilmente observada e crescente”, aponta.

O autoexame não substitui a mamografia. Entretanto, a detecção precoce aumenta as taxas de sucesso e possibilita tratamentos menos agressivos. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa de novos casos em 2021 é de 66.280.

Últimas notícias