O que é e para que serve a elastografia: Saiba mais!

A elastografia é um exame de diagnóstico por imagem utilizado para avaliar a elasticidade de diversos órgãos, como a tireoide e as mamas. A importância deve-se que, quanto maior a rigidez, maior a probabilidade de malignidade.

Não há contraindicações e ele é realizado de forma similar a uma ultrassonografia, com o paciente deitado na maca e o abdômen exposto. A elastografia dura aproximadamente dez a vinte minutos, exige apenas jejum e não causa dor.

Elastografia e as doenças crônicas do fígado

Além disso, o exame é muito usado na avaliação dos danos ao fígado causados por doenças crônicas. Por exemplo, as hepatites, a cirrose e o acúmulo de gordura. Atualmente, são 10 mil casos de hepatite C notificados ao ano no Brasil.

Com a realização da elastografia e o tratamento adequado, as taxas de cura ficam acima de noventa por cento. Entretanto, se não tratadas, as doenças crônicas do fígado podem evoluir para fibrose, com a presença de cicatrizes.

Dessa forma, o exame também tem a capacidade de detectar o grau de fibrose e é usada para avaliar o sucesso do tratamento. Afinal, a elastografia consegue detectar se houve melhora ou piora do quadro.

Também pode substituir a biópsia nos casos em que é necessário retirar um fragmento do fígado e internar o paciente. Esse procedimento costuma causar dor local, com hematoma na barriga, e em casos mais raros, hemorragia abdominal e no pneumotórax.

Assim, o ideal é você conversar com o seu médico e decidir qual o melhor exame para detectar e acompanhar a doença em questão.

Últimas Notícias
18 de setembro de 2020

O que é e para que serve a elastografia: Saiba mais!

18 de março de 2020

Confira as alterações nos atendimentos devido à COVID-19